Não vou mais assistir BBB 11.

Olá pequenas focas asiáticas.

Eu havia pensado seriamente em assistir BBB esse ano, mesmo não precisando assistir porque os meus followings no Twitter comentam cada passo que os brothers dão, mas eu havia resolvido que assistiria para ver a transexual Ariadna ser espancada pelos homens cujos quais ela deu selinho ou bolinou-os quando revelasse que é transexual. Mas como o Brasil e o mundo inteiro sabem, a Ariadna foi eliminada porque não fez o requisito. Mentira, foi eliminada porque brasileiros são escrotamente preconceituosos e tiraram ela de lá. Assim como ela fez com o pênis dela.

Tá bom gente, sem piadinha. E essa talvez, era a única razão pela qual eu assistiria o BBB, embora ainda tem gente que diz: “Ah, mas ainda tem a Paulinha, né?”

Acontece, amigos, que uma baleia só, não faz um tsunami. De que adianta ela ser a escandalosa da casa, se o resto da casa é zZzZzZz?

“Ah, mas se você não vai assistir por causa da Paula, assiste por causa dos meninos.”

Não, obrigada. Por mais que eu ache o Igor fofo, e os outros bonitos, prefiro não assistir. Primeiro porque mesmo se eu não assistir, o povo da minha home já me contam tudo porque são uns lindos. Eu sempre fico por dentro de tudo através da minha home, porque meus followings são assim mesmo: não podem ver nada, que comentam.

Foi assim com a Copa, os outros BBBs, A Fazenda… E todos os outros programas de televisão que foram criados para “divertir” o público, mas que acaba aborrecendo, porque imaginem vocês, uma home LOTADA de pessoas que falam sobre as mesmas coisas. É a minha.

“Tô com você, Naah. Que que você faz enquanto tá todo mundo assistindo BBB?”

Que bom que perguntaram, amigos. Criei um pequeno manual de sobrevivência ao BBB. Sabe aquela pessoa chata, que enche sua home no Twitter de RT’s sobre BBB, sobre a banha da Paulinha ou sobre o pênis da Ariadna? Você sente aquela enorme vontade de mandá-la tomar no orificio anal, certo? Mas não faça isso, amiguinho. Primeiro porque você pode tomar unfollow, segundo que isso é coisa de gente barraqueira que arruma briga pra ganhar followers e terceiro que você pode receber uma reply com os dizeres “saia do twitter ou me dê unfollow, se está tão incomodado” E AÍ VOCÊ VAI FICAR COM UMA PUTA CARA DE… CU. Certo?

Então eu fiz uma pequena lista de coisas que você pode fazer enquanto as pessoas assistem o BBB, e você pode conferí-la abaixo:

Sobrevivendo Ao BBB 11.

Você é desses que, como eu, não aguenta mais ligar a televisão e ver o Pedro Bial? Você é dessas, que como eu, não aguenta mais ouvir sua companheira de blog dizer que você parece a Ariadna? Pois bem, amigos. Nossos problemas acabaram.

Pedro Bial nunca mais.

Como não podemos simplesmente matar o Bial, nós podemos fazer três coisas:

Baixar alguns filmes e assistir: Essa é a dica mais clichê que alguém poderia dar, mas não há nada melhor do que dar risadas, certo? Certo. Estudos comprovam que, se você rir antes de dormir, sua noite de sono será melhor e o seu dia também. Então baixe alguns filmes engraçados e assista, assim que você cansar, você pode voltar pro Twitter e me seguir e falar cazamiga, ou ir pro msn comentar os bafos dos bofinhos. E um filme que eu recomendo MUITO, é Vampire Sucks. Pelo menos eu acho engraçado, e se vocês não estão satisfeitos, olhem no meu olho. NO MEU OLHO.

Ler um livro: Ler à noite não é bom, porque há chances de você dormir e babar em cima do livro. E nós não queremos isso, não é? Mas, se você parar pra avaliar, além de descobrir palavras novas, a sua escrita melhora, e muito, quando você lê. Eu achava que era só papo de professor de português chato, mas não é. Assim que eu passei a ler, meu português melhorou. Tá certo que ainda não é dos excelentes, mas tem muito pior por aí. Vocês podem ler Em Busca De Um Pecador Perfeito, que é ótimo e eu mesma já li fárias feces.

Ver vídeos no Youtube: Os da Tulla Luana, por mais escrota que ela tenha se tornado, eu dava boas risadas com os vídeos antigos dela. E, quem sabe, você pode falar com ela e pedir pra ela abrir um chamado contra o Pedro Bial, né?

Ouvir música: Sim, amigos. Ouvir música. Todo mundo gosta e ajuda a passar o tempo. Cria uma playlist com as músicas das suas bandas favoritas e ouve, e quando você perceber, BBB já vai ter acabado e você já pode ir pra sala ver… Show da Fé. (?)

E acalmem-se, pequenas focas. Só mais 2 meses de BBB. E aí vocês só verão o Bial de novo ano que vem. Se bem que eu acho que a Globo devia criar vergonha na cara e parar de fazer BBB, né? Afinal, já foram ONZE edições. Não querendo ser a socialista não, mas já pararam pra pensar que o dinheiro que a Globo gasta com o BBB, ela poderia doar para quem está sofrendo com as chuvas em Teresópolis e em Nova Friburgo, principalmente?

Minha implicância com BBB não é nem por causa do programa em si, é por causa do Bial. Ele é muito chato. Mais chato que eu quando acordo. Ou mais chato que eu quando quero dormir. E ele enrola demais, né? Fez todo aquele discurso ontem, chamou a Ariadna de Ariadne E AINDA A COMPAROU COM A ARIEL, de A Pequena Sereia.

É, Bial… tá na hora de se matar, filho.

Adeus, nave Shibalaiê. Definitivamente não.

E usem filtro solar.

Vejo vocês na sexta? E façam bom uso dessas dicas. Só não assistam o mesmo filme várias vezes, porque pode ocorrer de você decorar a trilha sonora do mesmo, igual eu decorei a trilha sonora de A Pequena Sereia. Dos três filmes. É gente, tá fácil não, rs.

You know you love me, xoxo.

Your favorite queen.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s